Menu

É difícil encontrar quem não saiba o significado de delivery, já que a palavra se popularizou tanto quanto a modalidade de venda nos últimos anos, muito devido à pandemia de Covid-19. A pressão de saber como vender bem no Delivery também aumenta exponencialmente. 

Afinal, com o isolamento social e consequente fechamento de restaurantes e bares, muitos negócios precisaram se adaptar ao comércio online às pressas, na intenção de manter ao menos parte de sua receita. Dois anos após o início da Covid, muitos desses estabelecimentos agora enfrentam dificuldades para vender bem no delivery.

Mas, sem dúvidas, o sistema de delivery em restaurantes e outros estabelecimentos do ramo de alimentação chegaram para ficar! Mesmo com a reabertura do comércio e flexibilização de medidas de prevenção contra a Covid-19 em todo o mundo, os números de vendas no setor não param de aumentar.

Dados do Statista apontam que a receita no segmento de entrega de comida online está projetada para atingir US$ 3.411 milhões em 2022. Ainda, de acordo com a mesma pesquisa, o Brasil foi destaque na América Latina, e é o país que mais vende no delivery nos últimos anos, dominando quase metade do mercado.

Os parágrafos estão muito longos e com sentenças longas. O ideal é sempre usarmos parágrafos de até 4 linhas e com até 20 palavras por sentença (isso pode ultrapassar um pouco). Recomendo desmembrar os parágrafos e reduzir a quantidade de palavras de algumas sentenças. 

Comidas que mais vendem no delivery 

Além de entender que a modalidade se tornou parte da vida dos brasileiros, é preciso investigar também os hábitos alimentares dos consumidores para aprender como vender bem no delivery. A especialista em food service Galunion e o Instituto Qualibest fizeram, em 2020, uma pesquisa que trouxe insights interessantes sobre o assunto.

De acordo com o estudo apresentado, as comidas mais vendidas no delivery são pizza, hambúrgueres e a comida brasileira tradicionala, ou seja, pratos com arroz, feijão, salada, batata e bife bovino, por exemplo. Em seguida, no ranking sobre o que mais vende no delivery, estão sanduíches e massas.

A pesquisa ainda ressalta algumas curiosidades interessantes, como o fato de a popularidade dos hambúrgueres ser maior (61%) entre jovens de 18 a 23 anos, e a Classe A dar preferência a sabores mais diversos e complexos, como frutos do mar e culinárias estrangeiras. Ou seja, é muito importante entender as singularidades do público ao qual seu negócio se destina. 

Não se desespere com novas ideias para vender no delivery caso a especialidade do seu restaurante não tenha aparecido neste top 5. Considere, sempre, as especificidades do empreendimento e do público: ou seja, avalie quais pratos do seu restaurante têm funcionado melhor no modelo e busque entender por quê.

Como aumentar as vendas no delivery

Primeiramente, é preciso começar aos poucos, já que, à primeira vista, saber como vender bem no Delivery parece fácil, como uma receita para o sucesso de qualquer restaurante. Isso porque reduzir os custos do salão, fazer todo o atendimento online e ter seu trabalho mediado por uma plataforma é uma verdadeira tentação, mas é preciso avaliar bem a situação antes de se jogar de cabeça na tendência.

Na prática, planeje desde o início quais novos investimentos e adaptações vão precisar ser feitos dentro do seu negócio, e pondere se haverá retorno. Pense, inclusive, na precificação dos pratos que serão comercializados, e se será utilizado ou não um software de gestão específico.

Então, inicie as operações em períodos curtos, com um menu mais simples e raio de cobertura limitado – assim, se o teste correr bem, é hora de aumentar vendas no delivery! Caso a sua operação já esteja a todo vapor e seja hora de expandi-la, faça uma revisão da sua rotina para ter certeza de que você tem o que é preciso para dar conta das demandas.

O seu estoque tem se mantido organizado? Há um padrão na produção? O time é ágil nos processos? É possível arcar com mais taxas sobre vendas e embalagens? Se necessário, não hesite em dar alguns passos para trás e reduzir o horário, cardápio e distância de entregas para efetuar novos testes. Saber esses detalhes é muito importantes no processo de entender, aos poucos, como vender bem no delivery.

Além disso, conheça bem o seu consumidor e se atualize. O delivery no Brasil começou em 1980 e cresceu exponencialmente nos últimos anos, mas as renovações são constantes e é preciso estar atento. Por isso, sugerimos que você invista nos treinamentos do nosso site, com os quais você será capaz de aprender sobre como encantar e fidelizar seus clientes, mesmo a distância.

Além disso, é importante estar atento a todas as etapas do modelo de negócio, que vão desde a plataforma até a embalagem. Continue com a gente e, a seguir, veja nossas dicas de como vender mais no delivery.

Atenção às plataformas de delivery

no delivery

Escolher uma ou mais plataformas para vender bem no delivery é fundamental e exige, além de cuidado, bastante pesquisa. Portanto, saiba quais  plataformas são dominantes na sua região, e informe-se sobre quais recursos elas oferecem - cupons de desconto, entregadores parceiros, condições especiais de pagamento - e, claro, as taxas que são cobradas em cada uma.

Estude a opção de ter uma plataforma própria. Caso você não dependa da divulgação feita pelas plataformas mais populares para vender mais no delivery, pode ser uma boa forma de economizar em taxas e garantir um relacionamento mais próximo com o seu cliente. O mesmo serve para as vendas no Whatsapp Business, que ainda conta com a gratuidade e facilidade do serviço, mas possui menos recursos de gestão e organização.

Vendas por telefone também são uma opção viável, mas já um pouco ultrapassada: como em qualquer negócio, entenda os hábitos do seu cliente e qual forma de contato ele considera mais fácil, mas não se esqueça de otimizar os recursos da sua operação também. Quantas pessoas serão direcionadas para o atendimento de delivery? Como os pedidos e receitas serão contabilizados? Tudo isso merece atenção especial na hora de botar em prática como vender bem no delivery.

Divulgação no delivery: tenha boas fotos dos pratos

Se você quer ser visto e lembrado pelos seus clientes, precisa caprichar ainda na primeira impressão: as fotos dos pratos. Ou seja, para vender bem no delivery em suas plataformas é preciso ter um visual que atraia e sirva de isca para os pedidos: as fotos podem ser tão irresistíveis quanto o prato ao vivo, fazer o cliente salivar e… clicar.

Fotos tiradas por um profissional são sempre a melhor opção, mas caso você não possa arcar com esse custo, hoje em dia não é difícil tirar boas fotografias usando um celular simples, além de deixar a criatividade fluir na edição por meio de recursos online gratuitos. Considere as opções, essa é mais uma etapa bem importante para aprender como vender bem no delivery.

As fotografias podem ser o seu diferencial na hora de vender mais no delivery, visto que as fotos não são restritas aos cardápios - elas podem e devem fazer parte da divulgação completa on e offline. 

Alguns produtos performam melhor no delivery do que outros

Aqui, um ponto muito importante é trazer a mesma qualidade e aparência das fotos para o prato que o seu consumidor recebe em casa. O tempo e percurso do restaurante até o cliente podem deixar a comida feia e interferir no sabor, e  por isso é preciso investir em medidas que evitem tamanha decepção para aumentar as vendas no delivery.

E se existissem produtos pensados para garantir que a qualidade e sabor dos seus pratos não sejam comprometidos mesmo após uma longa viagem? Para vender mais no delivery, a melhor opção é apostar em soluções capazes de suprir as expectativas dos consumidores distantes (e elas existem!).

Em um hambúrguer, por exemplo, é comum que, com o tempo, o recheio e a umidade da carne deixem o papel do embrulho “melecado”, o que compromete bastante a experiência do cliente. Quando pensamos em ideias para vender bem no delivery, queremos nos distanciar dessa imagem.

Ao optar por Hellmann 's na sua operação, você mantém a sua maionese saborizada com a aparência mais fresca, brilhante, sem formar película e sem perder a consistência. Não tem como vender bem no delivery se o seu prato chega feio ao consumidor, também comemos com os olhos, certo?

hellmanns delivery

Lembrando sobre os pratos que mais vendem no delivery, imagine receber uma pizza com o tradicional molho de tomate escasso e escurecido? Pratos com coberturas também correm riscos no transporte, especialmente no aspecto visual.

Além de garantirem muito mais praticidade e economia para a sua operação, sem deixar a desejar no sabor, os molhos Knorr, como nossa base de tomate, mantêm a aparência impecável e brilhante dos alimentos após 60 minutos. 

Pensando em outras receitas, o Milanesa Knorr é muito simples de fazer, evita desperdícios na cozinha e se mantém sequinho, aderente e saboroso mesmo após uma hora, se mostrando mais uma solução para manter a crocância de frituras e empanados após longas distâncias.

knorr concurrencia

Perceba que a única forma de saber como o seu prato vai ficar alguns bons minutos depois de pronto é por meio de testes! Faça você mesmo e note que se dedicar a receitas e ingredientes funcionais que certifiquem a qualidade e agilidade exigida pelo sistema de delivery é muito importante para alavancar suas vendas.

Aliás, você pode garantir descontos e vantagens nos produtos Unilever Food Solutions através da plataforma Compra Food Service.

Embalagens inteligentes são um bom diferencial no delivery

Com dados de uma pesquisa recente da Much Consultoria, percebemos que 51% dos consumidores disseram que já deixaram de comprar em um restaurante por problemas nas embalagens, como falta de lacre, comida desarrumada ou vazando.

A escolha das embalagens interfere muito na percepção da comida do seu restaurante, daí a importância de analisar com calma, mais uma vez, as preferências e necessidades do seu público e explorar as oportunidades que o mercado oferece. Pode parecer tão difícil quanto vender bem no delivery, mas não é.  

Muito além de tamanhos e formatos, cada tipo de alimento exige um tipo de embalagem para que tenha a melhor performance. Veja em que apostar na hora de embalar as comidas para vender no delivery:

  • Frituras: são mais crocantes com papéis que absorvem oleosidade, caixas com saída de vapor e zero contato com produtos úmidos, como um refrigerante gelado.
  • Proteínas: chegam quentes e saborosas com caixas revestidas internamente e com furos para eliminar vapor.
  • Hambúrgueres: ficam com tudo no lugar se enviados em caixas na medida certa e com revestimento interno, somadas a embalagens térmicas e que não agregam sabor de plástico ou papel.
  • Refeições completas: para ficarem bonitas como no salão, precisam de sistemas de distribuição de calor para reaquecimento ou necessidade de assar, e itens separados por embalagens para uma montagem correta, sem perda de textura ou com aparência ruim.

As embalagens também podem fazer você vender mais no delivery ao encantar com personalização. Que tal deixar tudo eficiente e com a carinha do seu restaurante? O nosso time de Chefs destaca os fornecedores Scuadra Embalagens, Klabin For You, Atimil, Innova Papan e Prisfood como referências no mercado.

Esperamos que nossas dicas tenham sido úteis em sua jornada, e elucidado como vender bem no delivery. Para saber mais sobre a tendência, momentos de consumo, critérios de escolha de um restaurante e outros assuntos da gastronomia, baixe nosso material exclusivo.

Página Inicial
Produtos
Receitas
Serviços
Menu