Sempre falamos da importância de se investir em um cardápio inclusivo, com, também, opções de comida sem lactose. Mas tenha em mente que isso não precisa ser complexo: com medidas simples, você pode conquistar clientes que têm essa restrição alimentar, se destacar da concorrência e ampliar sua cartela de consumidores.

Parece bom? Então vem com a gente saber mais sobre como montar um menu livre de lactose, mas ainda saboroso. 

O que é comida sem lactose?

A lactose é o açúcar presente de forma natural no leite e, portanto, seus derivados. Existem pessoas que possuem alergia ou intolerância a esse composto que, quando consomem lácteos tradicionais, sofrem com sintomas como dor, distensão abdominal, flatulência e diarreia.

Portanto, há quem só consuma produtos sem lactose ou com baixo teor de lactose – como a manteiga, o creme de leite, a maionese caseira e o iogurte caseiro, por exemplo. Esses itens naturalmente, no processo de fabricação, passam por uma redução da lactose. 

Agora, a comida sem lactose é simplesmente qualquer alimento in natura que não seja o leite ou seus derivados. Logo, frutas, verduras, legumes, algumas carnes, aves, peixes e ovos, por exemplo, são alimentos que passam bem longe da lactose.

E mais, esses produtos são ideais para intolerantes à lactose e também para quem é alérgico ao leite, por não possuírem a proteína do leite, ou caseína, em sua composição. 

No mercado atual, existem opções de leite e derivados (ex: leite condensado, creme de leite, queijo, manteiga, iogurtes) identificadas como zero lactose, ou alternativas lactose free.  Normalmente, são itens que passam por um processo capaz de quebrar o açúcar da composição.

Parece simples identificar a comida sem lactose, mas isso pode ser mais traiçoeiro do que aparenta. Por exemplo, você sabia que leite, manteiga e soro de leite são usados para o preparo de carnes embutidas e processadas, como o presunto? Isso torna até esses alimentos, de forma geral, proibidos para quem vive com a restrição.

Assim como os produtos e comidas pensados para quem tem doença celíaca, a legislação vigente no Brasil exige que seja identificada na rotulagem dos alimentos se há derivados de leite na composição.

Por isso, muita atenção a esse detalhe - em caso de dúvidas, é sempre melhor desconfiar.

Por que e como adaptar o cardápio do seu restaurante com sugestões sem lactose?

A resposta para essa pergunta é simples: por que não? Afinal, um cardápio que seja capaz de incluir pessoas com diferentes restrições não é difícil ou caro. O ato só aumenta a possibilidade de você conquistar mais clientes, além de representar um potencial para ser um grande diferencial frente à concorrência. 

Você mostra preocupação com sua clientela ao escutar suas restrições e desenvolver um  cardápio sem lactose - e quando dizemos que não é difícil, é porque é realmente mamão com açúcar.

Na prática

Veja só, se você tem em seu negócio um cardápio vegano, por exemplo, já possui uma série de opções sem lactose!

Perceba que uma boa salada decorada e gostosa pode conquistar veganos, vegetarianos, celíacos e intolerantes à lactose, tudo com um prato só. Explore também outras opções curingas de receitas sem lactose, como a guacamole, arroz e feijão, massas e frutas.

Além disso, é importante que sua equipe seja sempre capaz de oferecer ao cliente uma opção que atenda a sua restrição alimentar. Ou seja, é essencial que seu time saiba, por exemplo, por meio de uma ficha técnica, tudo o que envolve o preparo dos alimentos.

Os pratos servidos no seu restaurante também precisam estar corretamente identificados no cardápio, com símbolos que representem um produto lactose free ao lado do nome de cada prato.

Quer mais um motivo para ter um cardápio inclusivo com comida sem lactose? Saiba que quem possui restrições alimentares sempre costuma priorizar refeições em locais com opções seguras. Essa é, também, uma forma de fidelizar clientes que, uma vez satisfeitos, não vão se arriscar em seus concorrentes - e, de quebra, vão recomendar seu estabelecimento para amigos e conhecidos.

Para um restaurante com opções sem lactose ser um sucesso, não se esqueça de que ele precisa estar integrado à sua comunicação. Seja no site, redes sociais, divulgação off line ou no boca a boca do seu estabelecimento: espalhe por aí sobre o quanto pessoas com restrição à lactose são bem-vindas em seu negócio!

A preocupação com seus clientes deve vir em primeiro lugar! Por isso, não deixe de atender a uma demanda tão relevante como a de comida sem lactose, e esteja preparado para colher os frutos do seu esforço. No nosso site, para te ajudar, temos ainda mais dicas para entender o comportamento dos consumidores.

Página Inicial
Produtos
Receitas
Serviços
Menu