A cozinha mediterrânea possui milhares de anos de história. Como reconhecimento, desde 2013, é considerada Patrimônio Imaterial da Humanidade pela UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

O nome da culinária já dá a pista sobre a origem dela: que nasceu entre os países banhados pelo mar mediterrâneo, e agrada paladares do mundo inteiro.

A seguir, saiba o que é cozinha mediterrânea e muito mais sobre essa gastronomia tão rica, que combina sabor, história e cultura em pratos saudáveis e coloridos. 

O que é cozinha mediterrânea?

O Mar Mediterrâneo é um mar entre terras localizado no Oceano Atlântico Oriental, mais especificamente, ele banha a região sul da Europa, o oeste da Ásia e vai até o norte da África.

Não se sabe ao certo qual dos países desses territórios assina como criador dessa culinária renomada, mas muitos deles, como Espanha, Itália, Grécia, Egito e Israel, abrangem as principais características da comida mediterrânea.

Para começar, claro, o traço cultural recai sobre povos diversos e muito antigos da região, que sobreviviam sobretudo à base da pesca, trigo e alimentos frescos. Típicos dali são também as oliveiras, os citrinos e uma variedade de ervas aromáticas - essas são as bases dos principais pratos da cozinha mediterrânea.

Esses povos são também responsáveis pelas saladas coloridas feitas de folhas, frutas e legumes, bem como seus molhos simples e deliciosos repletos de especiarias típicas. Das saladas gregas às italianas, todas preservam nutrientes importantíssimos para uma alimentação equilibrada.

O refogado, uma das principais técnicas de preparo na cozinha brasileira, também surgiu da cozinha mediterrânea. Muito popular até nos pratos mais cotidianos, ele nada mais é do que a cebola e o alho fritos no azeite que envolvem legumes, grãos e outros ingredientes no fogo.

A cozinha mediterrânea preza pelo natural e orgânico, engloba a ingestão de menos gordura e produtos industrializados, mantendo o foco em ingredientes frescos e nutritivos no dia a dia, até em suas formas de preparo. Daí o fato de ela estar muito atrelada a dietas saudáveis. 

Quais os ingredientes e pratos da cozinha mediterrânea? 

ingredients image

São bem específicos os principais ingredientes dos pratos da cozinha mediterrânea, mas isso não a torna ‘chata’ ou sem graça.

Bons chefs devem saber como misturar esses alimentos de formas inusitadas e criativas, explorar texturas e fazer releituras de pratos clássicos. Outra sugestão é, claro, oferecer uma receita simples e bem-feita, capaz de agradar até os mais exigentes paladares.

Preparamos uma lista com os itens que mais se destacam na cozinha mediterrânea. Vamos lá:

  • Legumes e verduras

Como dissemos, as saladas de folhas frescas são características da culinária. Além disso, o uso de tomates, cebola, abobrinha e berinjela dão ainda mais sabor a pratos típicos, como o ratatouille.

  • Peixes e frutos do mar

Mexilhões, ostras, moluscos, mariscos e peixes como o tradicional bacalhau são estrelas em pratos principais ao redor do Mar Mediterrâneo. Os peixes e as carnes, normalmente suínas, são frequentemente marinados durante horas em temperos diversos.

  • Grãos, oleaginosas e leguminosas

O trigo é o queridinho dessa categoria, mas o grão-de-bico e a lentilha têm presença forte. Castanhas, amêndoas, soja e milho também são ingredientes típicos. 

  • Iogurtes e queijos

Muitas vezes, em um bom tempero de salada, o iogurte grego é protagonista. O queijo feta em cubos também costuma dar bastante sabor a esse tipo de prato tradicional da cozinha mediterrânea.

  • Temperos e mais

Nada aqui é feito sem um bom tempero, composto, em maioria, por alho, sais naturais, limão e ervas aromáticas. Ainda, azeitonas ou alcaparras e o azeite são características marcantes de quase todos os pratos da culinária mediterrânea. 

Como implementar a culinária mediterrânea no seu restaurante

Você já deve ter percebido que implementar elementos da cozinha mediterrânea no seu restaurante não é um grande desafio.

Os ingredientes são facilmente encontrados no Brasil, e nosso povo já está familiarizado com boa parte dos sabores que exploramos.

Por isso, busque diversificar o seu menu com uma inspiração sutil, como uma salada refrescante: de quebra, ela funciona também como opção sem glúten e vegana.

Temos até uma receita na manga para te deixar com água na boca! 

 

Salada mediterrânea com grão-de-bico

salad image

Ingredientes:

  • 1 copo de azeitonas pretas, sem caroço
  • 1 copo de salsa picada para decorar
  • 1 copo de hortelã       
  • Sal marinho e pimenta preta a gosto
  • 1 copo de suco de limão, fresco        
  • 3 dentes de alho ralados       
  • 1,2 kg de grão-de-bico, escorrido e lavado
  • 3 xícaras de tomate Roma, em cubos          
  • 2 xícaras de pepino, cortado em cubos
  • 2 xícaras de pimentão vermelho       
  • 1 ½ xícara de cebola roxa, finamente fatiada
  • 2 colheres de sopa de Zaatar
  • 1 copo de  Molho para Salada Hellmann's Limão e Ervas Finas 210 ml

 

Modo de Preparo

Coloque todos os ingredientes em uma tigela grande e misture bem. Resfrie por 30 minutos antes de servir ou guarde em um recipiente hermético na geladeira por até 3 dias.

Agora que você já sabe tudo sobre a cozinha mediterrânea e já tem até uma receita para experimentar, explores outras gastronomias que podem deixar o seu menu ainda mais completo, como a culinária contemporânea

Página Inicial
Produtos
Receitas
Serviços
Menu