Nossa missão de sustentabilidade

No Brasil, muitos dos ingredientes usados em nossos produtos vêm de cultivo sustentável; e até 2020, toda a nossa matéria-prima agrícola também virá de fontes sustentáveis. Encorajamos o cultivo sustentável e almejamos melhorar os meios de subsistência de nossos produtores e de suas comunidades.

O que é ser sustentável?

Nós somos parte da Unilever e seguimos o Plano de Sustentabilidade da Unilever (USLP), que é modelo para o nosso cultivo sustentável e é baseado em mais de dez anos de experiência em cultivo agrícola sustentável.

Código de Agriculta Sustentável da Unilever (USAC) foi desenvolvido como uma parte vital do USLP. O USAC é um programa globalmente reconhecido de autoverificação de sustentabilidade, que abrange aspectos sociais, ambientais e econômicos do cultivo sustentável. O código foi criado em colaboração com agrônomos do mundo todo, o conselho consultivo de agricultura sustentável da Unilever, ONGs e especialistas em agricultura.

O nosso programa de cultivo sustentável segue o Código de Agricultura Sustentável (USAC), tanto por meio de autoavaliação e verificação em comparação ao código ou por meio de normas de certificação externa que reconhecemos ser equivalente ao código, tais como Rainforest Alliance, Fairtrade, Round Table for Sustainable Palm Oil (RSPO), Marine Stewardship Council, Forestry Stewardship Council, e qualquer padrão orgânico reconhecido pela IFOAM; e, para papéis, PEFC e FSC.

Com o código USAC, pedimos aos nossos fornecedores – e aos produtores que os abastecem – que adotem práticas sustentáveis em suas fazendas para demonstrar que concordam com normas de desempenho e melhoria contínua ao longo do tempo. Esse é o nosso modo de nos responsabilizarmos e de fazê-lo ver como estamos progredindo. 

O USAC considera 11 indicadores de sustentabilidade, os quais os produtores são avaliados:

  • Agroquímicos e combustíveis
  • Solo
  • Água
  • Biodiversidade
  • Resíduos
  • Emissões
  • Gestão de pessoas
  • Cadeia de valor e economia local
  • Cuidados com animais
  • Treinamento
  • Desenvolvimento contínuo

Trabalhamos com todas as 11 métricas de sustentabilidade, mas focaremos em três exemplos de métricas, das nossas fazendas, que acreditamos que sejam essenciais para os melhores tomates e as melhores batatas.

O solo está literalmente na raiz de um bom vegetal! É realmente importante gerenciar o solo não apenas para obter colheitas bastante saborosas, mas para obter uma vida sustentável na terra.

A maioria dos solos mantêm-se naturalmente por conta própria, se intocado. Em uma floresta, por exemplo, os diversos tipos de plantas, quantidades variadas de luz solar e água, inibidores naturais de pragas e fertilizantes naturais são apenas alguns dos meios que a mãe natureza utiliza para manter a incrível colmeia de vida que é o solo. Um solo rico propiciará plantações saudáveis.

Nas fazendas, os produtores têm que trabalhar duro para dar ao solo o mesmo equilíbrio, com o tipo certo de irrigação, nutrição e proteção, para que o rendimento da plantação e a riqueza do solo sejam mantidas. O Código de Agricultura Sustentável da Unilever pede aos produtores que cuidem do solo, não somente para promover uma colheita mais saborosa, mas para criar um futuro mais sustentável. A seguir, estão os aspectos do solo que eles devem cuidar:

Erosão do solo

Um sistema de conservação e gestão de solo documentado deve estar em vigor com o objetivo
de criar e manter solos que suportem alto rendimento e qualidade. As responsabilidades
são diretamente atribuídas para uma pessoa capacitada para o planejamento e realização
da conservação e gestão de solo. As plantações somente crescem onde o solo é comprovadamente adequado para a plantação em questão e em rotação apropriada ou com interplantio

Contaminação do solo

São necessárias evidências para provar que, no mínimo, o sistema de conservação e gestão de solo garante que o risco de degradação química seja avaliado e gerenciado. A derrogação química inclui valores de pH fora do limite recomendado, alta salinidade e altos níveis de ferro, alumínio, selênio, cobre, magnésio e sódio.

Matéria orgânica

A matéria orgânica do solo é gerida para alcançar e manter uma ótima concentração.

 

 

 

Compactação do solo

A compactação causa um declínio na capacidade do solo em reter água e fornecer oxigênio para as raízes, o que pode levar a erosão do solo, aumento do escoamento de água e emissões gases de efeito estufa. As fontes de compactação do solo incluem tráfego de máquina e animais da fazenda, o solo compactado pode impedir o desenvolvimento otimizada da raiz, afetando a qualidade e o rendimento da plantação. Com técnicas agrícolas precisas e sustentáveis de "direção automática" e "maquinário com esteira de borracha", a compactação do solo pode ser reduzida.

Gestão do solo

Um sistema de conservação e gestão de solo documentado deve estar em vigor com o objetivo de criar e manter solos que suportem alto rendimento e qualidade. As responsabilidades são diretamente atribuídas para uma pessoa capacitada para o planejamento e realização da conservação e gestão de solo. As plantações somente crescem onde o solo é comprovadamente adequado para a plantação em questão e em rotação apropriada ou com interplantio

A água é preciosa! Podemos viver em um planeta azul, rodeado por água, mas na realidade somente uma pequena porcentagem dela é facilmente disponibilizada para plantações (ou para nós). Em muitas regiões é um recurso cada vez mais escasso. Você sabia que somente uma parte muito pequena da água do planeta é doce – apenas três gotas em cada cem e somente um dessas gotas estão imediatamente disponíveis para o uso? Isso significa não contaminá-la e também significa utilizar a quantidade certa para regar nossas plantações e não desperdiçar nenhum pouco disso.

O USAC pede que nossos produtores adotem medidas para manter a qualidade da água para protegê-la da poluição e maximizar a economia. A seguir estão os aspectos da água que os produtores devem cuidar.

Coleta de água da chuva

As técnicas de coleta da água da chuva e design do dreno devem ser utilizadas para maximizar a retenção da água no campo e minimizar o escoamento.

As operações de coleta devem ser monitoradas para garantir que elas não afetem negativamente os usuários em paralelo, incluindo áreas com valor de biodiversidade alto.

Proteção contra a poluição

Temos a responsabilidade de utilizar água de forma inteligente - que inclui não contaminá-la com substâncias químicas prejudiciais. A agricultura utiliza a água para irrigar as plantações, mas os fertilizantes, os produtos de proteção da plantação (CPPs) e o solo erodido podem poluir a água. É importante proteger extensos recursos hídricos e o solo e a terra por onde a água percorre para chegar até lá.

  • As águas agrupadas e de superfície devems er protegidas da poluição direta e indireta
  • Aperfeiçar a qualidade do escoamento das águas para os campos

 

 

 

Gestão de irrigação

Cerca de um terço dos países são considerados como estando sob "estresse hídrico". A previsão é aumentar devido ao aumento da demanda da população crescente, aumentando padrões de vida e mudando o fornecimento devido à mudança climática.

  • Um sistema de gestão de irrigamento deve estar em vigor onde as irrigações são utilizadas para garantir que as plantações recebam a quantidade certa de água no tempo certo e garanta o máximo de eficiência hídrica com base nas condições locais.
  • Reduzir o volume de água utilizada para irrigação.

Problemas locais de água

Precisamos garantir que no pouco em que utilizamos água, não impactemos sua confiabilidade atual ou futura. O negócio deve discutir se questões de fornecimento ou qualidade da água existem na comunidade local, ou seja, produtores, órgãos locais, serviços de abastecimento de água, negócios

 

 

 

Acreditamos em uma natureza com um mundo de diversidade animal e vida vegetal para levar a um ambiente mais saudável, a um futuro sustentável e à abundância de alimentos!

O USAC pede que nossos produtores se informem sobre a biodiversidade em suas fazendas e nos arredores, e adote medidas positivas para ajudá-la a prosperar. A seguir estão os aspectos referentes à biodiversidade que os produtores devem cuidar:

  • Programa de biodiversidade
  • Plano de Ação para Biodiversidade

Programa de biodiversidade

Habitats com muitos animais e plantas vivendo junto é natural. Você não encontrará muitos ambientes naturalmente formado que sejam dominados por espécies únicas. Isso se deve ao fato de que os animais e as plantas forma parcerias entre eles. Como as abelham que polinizam árvores e flores, ou uma planta que captura nitrogênio do ar crescerá forte e alta.

  • Nossos fornecedores devem comprometer-se a apoiar pelo menos uma iniciativa/programa de biodiversidade relacionados ao sistema ou cenário de cultivo local.
  • A fazenda deve assegurar que nenhum dos produtos naturais adquiridos ou utilizados tenham sido coletados ou extraídos ilegalmente.

 

 

 

Biodiversidade plano de ação

Áreas de cultivo têm valor de biodiversidade, especialmente nos locais do mundo onde o cultivo desempenhou um papel importante no cenário por muitos anos ou onde a terra é próxima a áreas de valor de conservação alto. Pedimos às operações de cultivos que fornecem nossos materiais orgânicos que consultem localmente as medidas mais apropriadas e envolvam-se em programas que vinculem suas atividades de cultivo aos benefícios para a biodiversidade. Nossos fornecedores devem desenvolver e implementar um Plano de Ação de Biodiversidade (BAP) que deve incluir o seguinte:

  • Uma avaliação dos problemas de biodiversidade na própria terra ou ao seu redor onde as plantações são produzidas.
  • Um plano prático para realizar progressos em pelo menos uma área da conservação da biodiversidade/proteção/utilização equitativa ou educação.
  • Um mapa básico da localização de áreas importantes para a biodiversidade nos arredores da fazenda e área local.
  • Uma avaliação da interdependência entre a agricultura e essas questões
  • A caça, pesca e o agrupamento de espécies selvagens devem ser implantados somente nas áreas designadas das fazendas e não devem envolver caça direta de espécies ameaçadas ou danificar o meio ambiente em que vivem.

Nossos ingredientes

Selecionamos cuidadosamente os ingredientes que usamos em nossos produtos. 

Nossas batatas e nossos tomates, por exemplo, são cultivados em fazendas que praticam a agricultura sustentável.

1:39

Fale Conosco

Providenciamos os seguintes canais para você tirar suas dúvidas.

Caso tenha uma pergunta para nós, faremos o possível para respondê-la.

0800 11 7766