A segmentação é cada vez mais comum no ramo de restaurantes e lanchonetes. De estabelecimentos típicos das mais diferentes nacionalidades aos especializados em um único prato ou variedade. 

Muitos podem pensar que a segmentação é o melhor caminho a seguir, mas é preciso analisar e ponderar os prós e contras antes de qualquer decisão.

De acordo com Alberto Lyra, diretor-executivo da Associação Nacional de Restaurantes (ANR), a principal vantagem de manter um comércio segmentado é a simplificação de toda a cadeia de produção, sobretudo na cozinha. Locais pequenos, com pouco espaço para estocagem e para a cozinha, podem ser ideais para esse tipo de negócio.

Mas quem quer investir precisa estar muito atento ao mercado. “Conhecer as tendências do setor é importante para não ingressar em um segmento saturado, em um ramo que não permite muitas modificações”, alerta o diretor-executivo

Uma das vantagens em montar um restaurante com menu variado é garantir mais liberdade para o empresário e escolhas para o cliente. 

Então, você já sabe: especializar ou diversificar é o tipo de decisão que deve ser tomada de maneira muito consciente a respeito do que o mercado está pedindo.